duas folhas e um broto

Algo óbvio que nunca tinha passado pela minha cabeça: levar este assunto do blog para um chá de bebê.

A ideia veio de uma grande amiga, a Cassia, com quem tenho compartilhado tantas coisas deste universo de chás e de outros. Ela foi uma das fotógrafas que, a meu pedido, fez um trabalho voluntário de registro da ação que fizemos na Virada Sustentável em 2011. E pensando com sua mãe e sua irmã em como seria o chá de bebê da Sofia, sua sobrinha que está para nascer, decidiu me convidar para fazer uma participação especial. Topei na hora por diversos motivos: pelo fato de a Cassia ser uma amiga sensível e querida, com quem tenho compartilhado muitos chás e cervejas, e também por ela ter uma relação muito forte com sua irmã. Eu, que não pude acompanhar minha irmã grávida de nenhuma das minhas sobrinhas (ela morava nos Estados Unidos), pude presentear uma grande amiga e sua irmã com a cerimônia do chá de bebê.

A família da Cassia é demais. Eles todos se envolveram nos preparativos, fizeram os sachês dos chás que dei de presente para serem degustados na cerimônia e também as lembrancinhas. Fizeram uma parte das comidas, compraram as flores, decoraram a casa, escolheram o tema de “margarida” para a festa. Sem saber, estavam preparando uma cerimônia do chá (a cerimônia do chá tradicional japonesa geralmente tem um tema e tudo que é escolhido para fazer parte dela, como os doces e a decoração, por exemplo, tem que ser inspirado neste tema). O mais legal é que nada disso foi combinado. Eles saíram fazendo as coisas, escolhendo o tema, se empenhando nos preparativos, e estavam completamente sintonizados com o propósito da cerimônia.

Eu gosto sempre de lembrar que, na cerimônia do chá, quando agradecemos antes de tomar o chá, estamos agradecendo não só o momento, mas tudo que existiu antes dele, tudo o que foi pensado, preparado, escolhido para fazer daquele a lembrança mais especial de um encontro <3

Presenteamos a Sofia com dois chazinhos. Um deles foi o Fleur de Geisha, do Palais des Thés, um chá verde aromatizado com perfume de flor de cerejeira. Ganhei este chá de presente da Kênya, uma grande amiga que mora em Paris e a Cassia tomou na minha casa. Quando a Cassia foi passar uns meses na França, estudando francês, me trouxe este chá de presente. O outro foi o clássico Casablanca, da Mariage Frères.

 

Depois de falar um pouco sobre chás, sobre este encontro tão especial,

 

cavamos um buraco no tempo e no espaço, para estarmos completamente presentes naquele momento, ouvir sons, sentir a temperatura do copo, falar de aromas e sabores.

 

O Marcão, futuro pai, ficou pirando e tecendo pontes entre a folha de camellia sinensis, que precisa ter duas folhas e um broto para ser colhida, e o encontro de um casal e a espera do mesmo pelo nascimento de um filho. Esta é a Maíra (com a Sofia na barriga) segurando duas folhas e um broto de camellia sinensis.

Comentários

2 comentários em duas folhas e um broto

  1. Maíra disse:

    Muito amor e emoção demais!
    Obrigada Erika, pela sensibilidade em compartilhar este momento tão gostoso conosco. E que venha o brotinho!!
    muitos beijos,
    Maíra

  2. admin disse:

    Adorei, Maíra!!! Ela é brotinha =)

Deixa um comentário