quentão gelado

Mais uma diquinha de chá que eu trouxe da mala de Porto Alegre. Em um dia de passeio de meninas por Moinhos de Vento (adoro conhecer nomes de bairro de outras cidades – em Porto Alegre, Ipanema vem antes de Tristeza, que vem antes de Guarujá; gosto também de Bom Fim e Menino Deus), paramos para almoçar na Barbarella Bakery, que tem sanduíches ótimos para um almocinho.

Óbvio que, depois de bater perna e tomar um pouco de sol, eu escolhi um chá. Não foi a melhor bebida do mundo, mas achei a proposta bem honesta. Primeiro porque é feito de chá mate – e eu acho super coerente tomar mate estando no Rio Grande do Sul. Mas era um mate-Barbarella, que vem misturado com maçã, limão e umas especiarias (resumindo, um tipo de quentão, só que gelado). A outra coisa que achei bacana é que você pode tomar quanto quiser, o famoso “refil”.

Não é um super chá gourmet. Valeu mais pela ambiance e pela companhia!

 

Comentários

Um comentário em quentão gelado

  1. Oi Erika!
    Adorei a dica e na minha próxima ida a Porto Alegre farei uma parada obrigatória na Barbarella!
    Parabéns pelo blog também, acompanho e aprendo muito por aqui 🙂
    Abraço!

Deixa um comentário