cerimônia com Urasenke

Faz poucos meses que comecei a estudar Cerimônia do Chá com a Urasenke. E desde então eu nunca tinha visto uma cerimônia do chá. Mesmo que eu ainda entenda (sinta, absorva, viva) muito pouco, assisti pela primeira vez uma cerimônia do chá com outros olhos… Dos elementos aos movimentos. O conhecimento adquirido nas aulas da Michiko Okano em seu curso de extensão na USP também ajudou na familiarização com o este universo do chá. Não estou falando de construção de pensamento crítico-analítico-anestesiante. Conhecer e compreender ajudam a ampliar o olhar e as sensações.

o kakemono, traz a inscrição de MU – vazio


ganhamos dois okashis deliciosos!

(um deles era uma minibalinha bem açucarada)

 

os utensílios utilizados no usucha temae

Akiko Takahashi realiza a cerimônia

O que mais me impressiona, cada vez mais, é a fluidez dos gestos. Tenho a sensação de vou levar uns vinte anos para alcançar um pouco disso. Uma das coisas bacanas que ouvi a respeito deste temae é que alguns movimentos são inspirados em gestos dos arqueiros. Me lembrou um pouco da época em que praticava artes marciais: a força saindo do koshi e indo para a ponta da espada acontecia simultaneamente a uma leveza de passos para voar no MEN do oponente. Associando tudo isso à inscrição no kakemono (“vazio”), me pergunto quantas inúmeras vezes ainda repetirei este meu primeiro temae com a naturalidade que nosso corpo respira?

**

Divagações à parte, queria comentar um pouco sobre o evento. O curso de introdução à cerimônia do chá foi promovido pela Do Cultural, cujos cursos, palestras e workshops traduzem da busca cultural do inquieto Jo Takahashi que por muitos anos foi diretor da Fundação Japão em São Paulo. Jo é um grande curador de cultura japonesa, está aberto ao novo, as tendências, ao tradicional – sua imensa sensibilidade consegue alinhavar aspectos, nomes e assuntos. Uma amostra disso está em seu delicioso blog, o JOJOSCOPE – conexão Brasil X Japão, que é a cara dele. O resto pode ser vivenciado nas atividades pode ele promovidas em diferentes cenários, como foi o caso desse curso intrudutório à cerimônia do chá (leia o post do Jo neste link).

O Jojoscope é um ótimo informativo para quem estuda e aprecia cultura japonesa.

No caso deste curso, a grande sacada foi trazer para um mesmo cenário (o ateliê da ceramista Hideko Honma) a prática de uma arte tradicional da respeitada Urasenke com as cerâmicas de Hideko e as palavras de Monja Coen sobre o momento atual do Japão e fazendo uma ponte do zen com a cerimônia do chá – tão sublime que merece um post à parte.

 

**

Para finalizar, não posso deixar de falar de ENCONTRO! Fiquei imensamente feliz de enocntrar com Tamako Yoshimoto, amiga querida que faz as ikebanas mais lindas de São Paulo!

 

 

Divagações à parte, queria comentar um pouco sobre o evento. O curso de introdução à cerimônia do chá foi promovido pela Do Cultural, cujos cursos, palestras e workshops traduzem da busca cultural do inquieto Jo Takahashi que por muitos anos foi diretor da Fundação Japão em São Paulo. Jo é um grande curador de cultura japonesa, está aberto ao novo, as tendências, ao tradicional – sua imensa sensibilidade consegue alinhavar aspectos, nomes e assuntos. Uma amostra disso está em seu delicioso blog, o JOJOSCOPE – conexão Brasil X Japão, que é a cara dele. O resto pode ser vivenciado nas atividades pode ele promovidas em diferentes cenários, como foi o caso desse curso intrudutório à cerimônia do chá (leia o post do Jo neste link).

O Jojoscope é um ótimo informativo para quem estuda e aprecia cultura japonesa.

No caso deste curso, a grande sacada foi trazer para um mesmo cenário (o ateliê da ceramista Hideko Honma) a prática de uma arte tradicional da respeitada Urasenke com as cerâmicas de Hideko e as palavras de Monja Coen sobre o momento atual do Japão e fazendo uma ponte do zen com a cerimônia do chá – tão sublime que merece um post à parte.

Comentários

Um comentário em cerimônia com Urasenke

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] dia do curso introdutório de cerimônia do chá com a Urasenke, percorri alguns […]



Deixa um comentário