entrevista para Yoga Journal

Muita gente que fica sabendo dos meus cursos de chás que são associados ao tema da yoga não entendem direito o que acontece. Quem gosta de chá e nunca fez yoga tem um pouco de receio de participar porque acha que vai pagar mico na prática. Quem pratica yoga desencana um pouco porque acha que a combinação com chá é algo muito específico. Quem não faz uma coisa nem outra e fica curioso, às vezes acha que é uma viagem, e daí não participa.

E ainda passa pela cabeça de outros que eu inventei essa história porque gosto das duas coisas. Sim. E não.

“Sim” porque a associação de chá e yoga nasce da experiência e eu adoro quando isso acontece. Alguns posts do blog documentam as degustações de chás junto com a Carline Piva que aconteceram depois de uma prática de yoga. Fomos nos aprofundando a “arte de bem viver”, como diz a Carline, e também nessa busca em conjunto. Por isso o “não” em relação à “pura invenção de juntar as duas coisas”. Durante esses anos que praticamos juntas, fomos fundamentando essa combinação em conceitos da tradição do yoga, da cultura japonesa e da cerimônia do chá. E tudo junto faz muito sentido.

A matéria “Chá com yoga – essa dupla pode ser mais do que uma combinação perfeita, escrita pela jornalista Thays Biassetti, acaba de ser publicada no site do Yoga Journal Brasil e explica essa junção de chá com yoga. Eu e a Carline Piva fomos entrevistadas para falar dessa combinação, da nossa experiência prática e também fundamentada no estudo de conceitos. Vale muito a pena ler!

Estamos falando de duas práticas milenares, de Oriente, de bem-estar, de saúde, espiritualidade, corpo e, principalmente, estarmos presentes na vida. Se você acha alguma dessas coisas interessantes, leia a matéria. Se você acha tudo isso bem interessante, se inscreva na vivência que vai acontecer no dia 29 de março – ainda temos algumas vagas!

Quando descritas, as experiências são sublimes, mas quando vivemos isso no corpo, faz mais sentido ainda!

Deixa um comentário