O QUE É

CERIMÔNIA DO CHÁ nasceu como um blog em 2010 e tinha como objetivo contar sobre minhas experiências com o chá como um ritual cotidiano, trazendo informações sobre chás escolhidos porque estavam associados a momentos e encontros importantes na minha vida.

Essa é a essência do meu trabalho: levar os valores da cerimônia do chá tradicional para o dia a dia.

Desde então, divulgo o chá com a mesma reverência que tenho quando aqueço água, escolho uma caneca e um chá, abro um espaço no meu dia para viver uma experiência, celebrar um encontro. É o que costumo chamar de “cerimônia do chá contemporânea”, que pode ser feita a qualquer momento e lugar, sozinho ou na companhia de pessoas queridas.

Com o tempo, minhas experiências extrapolaram os limites do blog e hoje, além de ser consultora sobre chás, realizo palestras, degustações e vivências em que o chá é usado para ampliar o uso dos sentidos, despertar potenciais e promover conexões harmônicas entre pessoas, lugares, memórias, tempo e histórias.

Tenho trabalhado o chá como uma espécie de filosofia, que envolve troca, prazer e descobertas.

Com muito respeito e reverência, mas sem tanta cerimônia.

CRÉDITO/FOTO: Viviane Okubo / Narcissus Garden da Yayoi Kusama, Meca Inhotim (2016)